Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Publicidade RML

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

 
   
Capa
Entrevistas
Equipe
Mural
News
Contato
Reviews
CD's
DVD's
Demos
Magazines
Shows
Multimídia
Fotos
Links
Bandas
Zines
Gravadoras
Rádios
Diversos

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

 
Untitled Document
 
 

Versão para impressão .

Enviar por e-mail .

Receber newsletter .

Versão PDF  .

Relatar Erro [erro]

 

News

ALTERA O
TAMANHO DA LETRA
 

Recife Metal Law - O seu portal de informação!

 

Hive Ablaze: lançado álbum de estreia, “Dissect”



A banda gaúcha Hive Ablaze, formada por Felipe “Pipe” Noll (vocal), Eduardo “Sudu” Buss (guitarra), Mateus Atkinson (baixo) e João “Bananinha” Cargnelutti (bateria), apresenta o seu álbum de estreia, “Dissect”. O material, produzido e mixado por Lisciel Franco no estúdio Forest Lab (RJ), conta com arte de capa de Gustavo Goulart.

“Quando começamos a compor, tivemos a consciência de separar a produção autoral dos covers, já que alguns simplesmente ‘copiam e colam’ quando fazem som próprio. Não tentamos seguir nenhum estilo de música específico, fomos apenas desenvolvendo as ideias como achamos que fazia sentido para nossos ouvidos”, explica Eduardo “Sudu” Buss. “É por isso que as temáticas, assim como as sonoridades, são distintas entre si. Temos um álbum de músicas plurais, que acompanharam os sentimentos dos músicos envolvidos no momento de suas concepções. Foi um trabalho muito subjetivo, árduo e puro: a caneta virou um canal, do coração pro papel. Não poderíamos estar mais orgulhosos
, acrescenta Felipe “Pipe” Noll.

Antes do lançamento, ocorrido no início de junho, a banda soltou o clipe do primeiro single, “Northwestern Stomp”, que, curiosamente, foi a última música composta antes da gravação do ‘debut’. Confira o clipe clicando aqui.

Sobre a arte de capa, Felipe “Pipe” Noll explica que o conceito é da “dissecção”, o fracionamento frio e meticuloso de um organismo vivo e poderoso. “A ideia subjetiva seria de que a sociedade encara o sujeito – vivo, poderoso e com suas próprias aptidões – como uma mera engrenagem do seu próprio funcionamento. A crítica ao sistema de ensino, às jornadas de trabalho, à estratificação social, à exploração desmedida dos recursos naturais e, subjetivamente, à secundarização das questões da vida trouxeram essa ideia da dissecção: a frieza que desrespeita a vida”.

Sobre a concepção do nome Hive Ablaze, o baterista João Cargnelutti detalha que “a colmeia de abelha (Hive) é uma representação natural quase perfeita da sociedade moderna – há hierarquia, organização e muito trabalho”. O complemento, conforme o baixista Mateus Atkinson, significa o “determinismo da sociedade e os costumes nela cravados, que geram uma expectativa aos seus integrantes, levam muitos ao colapso e a vontade é de tacar fogo mesmo (Ablaze)”.

“Hive Ablaze”, por sinal, é outro destaque do repertório de “Dissect”. “Esta música é a pura essência da banda e foi literalmente nossa primeira composição. Como o clima do instrumental nunca baixa, ela passa essa ideia de farra, de algo bom, alegre e positivo”, conclui o vocalista Pipe.

“Dissect” – Repertório:
1. Northwestern Stomp
2. Burst
3. Dead Dog
4. Going Down
5. Little Billy
6. Reasoning
7. Outcast
8. Hive Ablaze
9. Adrift
10. Fly
11. Embers

Ouça nas plataformas de streaming.

Contatos:
www.instagram.com/hiveablaze
www.facebook.com/HiveAblaze
contatohiveablaze@gmail.com
www.asepress.com.br/music
 
 
Busca no site
 
Veja tambm