Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Publicidade RML

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

 
   
Capa
Entrevistas
Equipe
Mural
News
Contato
Reviews
CD's
DVD's
Demos
Magazines
Shows
Multimídia
Fotos
Links
Bandas
Zines
Gravadoras
Rádios
Diversos

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

 
Untitled Document
 
 

Versão para impressão .

Enviar por e-mail .

Receber newsletter .

Versão PDF  .

Relatar Erro [erro]

 

Reviews Demos

ALTERA O
TAMANHO DA LETRA
 

Recife Metal Law - O seu portal de informação!

 

TREPANATOR - Massacre Craniano


TREPANATOR
“Massacre Craniano”
Blasphemic Ritual Distro – Nac.

Quatro anos após lançar sua primeira Demo, “Surra” (2011), a banda baiana Trepanator disponibiliza no meio Underground seu novo trabalho, “Massacre Craniano”, lançado em agosto de 2015. Pouca coisa mudou nos quatros anos que separam os lançamentos. A formação continua a mesma: Valter Musael e Alan Botelho (guitarras), Danilo Batista (bateria), Gil Ferreira (vocal) e Adriano Veiga (baixo). A banda também manteve o cuidado anteriormente tomado com a parte gráfica. O encarte é apresentado no formato envelope e traz um encarte sobressalente, com todas as letras, informações sobre a gravação, arte da capa, agradecimentos, enfim, tudo muito bem cuidado. Mas e a parte sonora, permanece a mesma e com o mesmo vigor de outrora? Na verdade não, já que a banda vem com maior técnica, mais apurada, por assim dizer, principalmente nos insanos solos de guitarras, por muitas vezes duelando, como ouvido em “Violent Trepanation”. Mas isso não significa que o Trepanator deixou de lado a ferocidade apresentada na primeira Demo. Pelo contrário, a banda continua feroz, com o pé no passado, fazendo seu estilo calcado no ‘old school’, mas apresentando maior velocidade em alguns temas. “Inquisition” é um exemplo disso, já que traz resquícios do Speed Metal e, ainda, algumas ‘quebradas’ de andamento em meio ao caos sonoro apresentado nessa música. O trabalho é apresentado em duas partes, se assim posso dizer, já que as três primeiras músicas são apresentadas em inglês e as três últimas em nosso idioma pátrio. Achei interessante essa divisão. Outro fator interessante é que todas as músicas cantadas em inglês tem maior tempo de duração que as em português. As músicas em português parecem ter uma maior urgência. Se as três primeiras músicas são bem violentas e velozes, parece que nas três últimas o Trepanator perdeu totalmente as estribeiras, e nos ataca com um Thrash Metal totalmente insano, daquele para formar rodas e mais rodas de mosh. A gravação está muito bem feita, mas sem ser polida, o que descaracterizaria a sonoridade da banda. Ah, os vocais de Gil, nas músicas em português, chegam a lembrar, por vezes, o de Carlos “Vândalo” Lopes (Dorsal Atlântica). Gosta de Thrash Metal insano, veloz e agressivo. Então tenha esse novo material do Trepanator em sua coleção.

E-mail: trepanatorthrash@hotmail.com / valtermusael@hotmail.com

Resenha por Valterlir Mendes
 
 
Busca no site
 
Veja tambm