Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Publicidade RML

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

 
   
Capa
Entrevistas
Equipe
Mural
News
Contato
Reviews
CD's
DVD's
Demos
Magazines
Shows
Multimídia
Fotos
Links
Bandas
Zines
Gravadoras
Rádios
Diversos

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

 
Untitled Document
 
 

Versão para impressão .

Enviar por e-mail .

Receber newsletter .

Versão PDF  .

Relatar Erro [erro]

 

Reviews Cds's

ALTERA O
TAMANHO DA LETRA
 

Recife Metal Law - O seu portal de informação!

 

FUN AT THE MORGUE - Massoula


FUN AT THE MORGUE
“Massoula”
Independente – Imp.

Pelo que li, em sites na internet e na rede social da banda, o Fun At The Morgue é uma banda nascida no ano de 1997, meio suíça, meio francesa, e lançou, até agora, apenas um CD, na verdade um MCD, o aqui comentado “Massoula”. E, apesar, de ser um MCD, o disco vem com 09 músicas, em pouco mais de 21 minutos. Algo até normal para bandas do gênero, ou seja, Fun At The Morgue se trata de uma banda de Death Metal, com algumas pitadas de Hardcore e Punk, e algumas letras com temática Gore e relacionadas à morte (“Faceripper [The Ballad of Rudy]” e a homônima à banda). O trabalho começa com uma instrumental, “Funeral Overture”, que já mostra que a produção sonora está ótima, deixando tudo bem nítido, principalmente as linhas de baixo de Philippe Berchel. As músicas apresentadas não se prendem à velocidade o tempo todo, já que podemos ouvir andamentos em meio tempo em alguns temas. Os vocais de Cedric Rerat são bem ríspidos, por vezes gritados, por vezes grave e gutural, dependendo do andamento de cada música, que, como já mencionado, vai de algo mais cadenciado e trabalhado, até linhas totalmente insanas e violentas. Temas como antirreligião (“Heretic”) e o fim da humanidade (“Dark Prophecy”) também são tratados nas letras das músicas. Inclusive, “Dark Prophecy” é a música mais longa encontrada no CD, com pouco mais de quatro minutos de execução e também uma das que mantém a maior cadência até o fim. Música pesada, destinada para manter a cabeça balançando. Ao ouvir a música do Fun At The Morgue dá para se notar algumas influências. Mas como a banda fez algo tão bem feito e sem forçar andamentos ou parte instrumental, fica a critério do ouvinte apontar quem são as principais influências. A banda ainda arranjou espaço para um bem humorado cover de Iron Butterfly (“I Like Inna-Gadda-Da-Vida”) e K.C. and the Sunshine Band (“That’s the Way” [I Like It]), onde apenas o título da segunda é repetido em meio ao instrumental da primeira. O outro cover fica para “Lobotomie” do Social Disaster. Apesar de o encarte contar 11 faixas, duas delas nada contêm, ou melhor, a penúltima nada contém e a última é uma brincadeira dos músicos em estúdio, ou algo parecido. “Massoula” é um disco consistente, do início ao fim, com um ‘track list’ bem montado e músicas que alternam velocidade, agressividade e cadência. A parte gráfica vem bem legal e a capa e encarte nos remetem a uma casa usada em algum velho filme de terror. Pra ser mais exato, o cenário do encarte é bem parecido com aquele que aparece no remake de “O Massacre da Serra Elétrica”.

Site: https://funatthemorgue.bandcamp.com
E-mail: funatthemorgue@gmail.com

Resenha por Valterlir Mendes
 
 
Busca no site
 
Veja tambm