Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Publicidade RML

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

 
   
Capa
Entrevistas
Equipe
Mural
News
Contato
Reviews
CD's
DVD's
Demos
Magazines
Shows
Multimídia
Fotos
Links
Bandas
Zines
Gravadoras
Rádios
Diversos

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

 
Untitled Document
 
 

Versão para impressão .

Enviar por e-mail .

Receber newsletter .

Versão PDF  .

Relatar Erro [erro]

 

Reviews Cds's

ALTERA O
TAMANHO DA LETRA
 

Recife Metal Law - O seu portal de informação!

 

BELCHIOR - Belchior


BELCHIOR
“Belchior”
Ordo Draconian Black Label – Nac.


Oito anos após o lançamento da Demo “I Despise Jesus Christ”, o projeto Belchior, capitaneado por Antonio Belchior de Melo (ex-Infected, ex-Elizabethan Walpurga, ex-Forever’s Fallen Grace, ex-Sküll Hammer) chega ao seu primeiro full lenght, intitulado apenas como “Belchior” e lançado em 2015. Na Demo mencionada (que contou com apenas duas músicas e que estão disponibilizadas nesse full lenght) o músico ainda contou com o suporte do guitarrista Kevin Blakey, mas aqui ele gravou tudo sozinho, ainda por cima no seu estúdio. Só a mixagem e masterização que teve o suporte de Michael Ferro. O álbum é, de certo modo, longo, afinal são oito músicas (contando as duas músicas bônus, extraídas da Demo), beirando quase uma hora de execução, inclusive com uma das músicas passando dos doze minutos: “Kingdom of the Midnight Arts”. Músicas longas não são contumazes de aparecer num disco de Black Metal, mas a forma como é tocada a música do Belchior é de se esperar que algumas sejam mais longas, afinal o seu mentor não se apega a agressividade do estilo, apesar dos vocais angustiantes, gritados. As músicas trazem um leque de influências, com passagens cadenciadas, arrastadas e que flertam com o Depressive Suicidal Black Metal, na verdade não flertam, praticamente todas as músicas seguem essa linha musical. Podemos ouvir, também, momentos de pura viagem astral, um flerte com a música ambiente, como o caso da já citada e longa “Kingdom of the Midnight Arts”, que ainda traz uma bateria de levada marcial. Entre as músicas próprias existe um cover, no ‘track list’ regular do álbum. Belchior fez uma versão, sem mudanças drásticas, para “Beelzebuth” do Mystifier, carregando um pouco mais nos andamentos doentios e nos vocais angustiantes, mas de forma alguma deformando a música original. A produção sonora está bem feita, soando da forma que o estilo pede. A parte gráfica é simples, tem muitas informações, mas não traz as letras das músicas. Black Metal, mas com um lado mais cadenciado e moribundo do estilo.

Site: https://belchior.bandcamp.com

Resenha por Valterlir Mendes

 
 
Busca no site
 
Veja tambm