Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Publicidade RML

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

 
   
Capa
Entrevistas
Equipe
Mural
News
Contato
Reviews
CD's
DVD's
Demos
Magazines
Shows
Multimídia
Fotos
Links
Bandas
Zines
Gravadoras
Rádios
Diversos

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

 
Untitled Document
 
 

Versão para impressão .

Enviar por e-mail .

Receber newsletter .

Versão PDF  .

Relatar Erro [erro]

 

Reviews Cds's

ALTERA O
TAMANHO DA LETRA
 

Recife Metal Law - O seu portal de informação!

 

CHEMICAL DISASTER - Third Wound


CHEMICAL DISASTER
“Third Wound”
Violent – Nac.


“Third Wound” é o terceiro álbum na carreira da veterana banda Chemical Disaster e já tem um tempo de lançado (foi lançado oficialmente em 2011). Inclusive, a formação que gravou esse álbum já mudou de lá para cá, mas merece ser mencionada: Luiz Carlos (vocal), Ricardo Lima e Fernando Nonath (guitarras), Fábio Brunelli (baixo) e Arthur Justo (bateria). Merecem menção por ter mantido a tradicional rispidez da banda, com seu Death Metal veloz, insano e com algumas bases beirando o Grindcore, principalmente nos vocais de Luiz Carlos que, em algumas passagens, traz algo do estilo. Mas nem só de velocidade é feito o som do Chemical Disaster e isso é notório logo no início, com a música “Precipitated to Hell”, que alterna momentos de pura brutalidade com algumas passagens mais cadenciadas e trabalhadas, com a inserção de um ótimo solo de guitarra. E essa é a tônica durante o decorrer do álbum, com a banda usando e abusando das passagens mais violentas, algo que as letras e até mesmo a duração das músicas pedem, tendo em vista que poucas passam dos três minutos. Mesmo curtas, a presença de solos é constante, alguns deles realmente desconcertantes, como ouvido na caótica “Perverted Body”, um típico Death Metal “sai da frente que faltou freio”. A banda sempre “bebeu” muito nessa fonte do Grindcore, desde o seus primórdios e para quem conhece o Chemical Disaster sabe do que eu falo. Desde o início a banda sempre apresentou músicas mais curtas e diretas, mas uma das músicas contidas nesse trabalho foge dessa linha. Trata-se de “The Last Home”, sendo a última do ‘track list’ e a mais longa, com uma levada Doom/Death Metal. A produção sonora deixou tudo bem definido, audível, porém sem soar ‘limpinha’ demais. E como esse álbum já tem um bom tempo de lançado, o Chemical Disaster já vem trabalhando em um novo material, que deve sair muito em breve. Do jeito que eu conheço a banda, deve permanecer na mesma linha agressiva de sempre. Vamos aguardar...

Site: http://violentrecs.yolasit.com

Resenha por Valterlir Mendes

 
 
Busca no site
 
Veja tambm