Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Publicidade RML

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

 
   
Capa
Entrevistas
Equipe
Mural
News
Contato
Reviews
CD's
DVD's
Demos
Magazines
Shows
Multimídia
Fotos
Links
Bandas
Zines
Gravadoras
Rádios
Diversos

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

 
Untitled Document
 
 

Versão para impressão .

Enviar por e-mail .

Receber newsletter .

Versão PDF  .

Relatar Erro [erro]

 

Reviews Cds's

ALTERA O
TAMANHO DA LETRA
 

Recife Metal Law - O seu portal de informação!

 

RESISTIREMOS - Um Tributo Cearense à Dorsal Atlântica


RESISTIREMOS
“Um Tributo Cearense à Dorsal Atlântica”
Vertigem Discos/Vários - Nac.


“Resistiremos” se trata do segundo tributo a uma das mais importantes bandas do Metal brasileiro: Dorsal Atlântica. E também vem lá do Ceará, assim como o “Omnisciens” foi. O primeiro tributo foi lançado em 1996, já esse novo foi lançado em 2022, mas começou a tomar forma em 2021, ainda em meio ao caos da pandemia de Covid-19. O primeiro tributo, apesar de ter sido lançado a partir da ideia de um selo cearense, o Rock Shop, não trouxe apenas bandas daquele Estado, diferentemente desse novo. “Resistiremos” traz apenas bandas do Ceará, num total de dezesseis. Vou começar falando da magnífica capa, que fez uma viagem pelas capas dos discos de estúdio da Dorsal Atlântica, num belo trabalho do mestre Alcides Burn. O encarte vem com informações sobre as bandas participantes, além de um prólogo explicando como surgiu a ideia desse lançamento. A gravação, como sempre é esperado nesse tipo de lançamento, varia de uma banda para outra. Achei a forma de gravação bem orgânica, sem muitos ‘truques’ de estúdio, tudo soando real. Mais uma forma de respeito à banda homenageada. Cada banda imprimiu sua identidade nas músicas, mas não fogem, em demasia, da obra original. O Obskure introduziu alguns teclados em “Guerrilha”. O Lixorgânico aplicou mais ‘sujeira’ a “Stalingrado” e o Betrayal não fugiu muito da sonoridade original de “Caçador da Noite”. Isso em se falando das três primeiras bandas/músicas. Quando fiquei sabendo desse tributo, eu esperava que mais músicas da fase mais recente da banda (do álbum “2012” para cá) fossem inseridas, mas apenas “Stalingrado” aparece nesse tributo. Assim, músicas que já constaram no tributo anterior também aparecem nesse: “Álcool” (por Leprous), “Tortura” (por Viollen), “Vitória” (por Warbiff), “Princesa do Prazer” (por Oráculo) - numa versão ainda mais Speed Metal e com o uso e abuso dos agudos nos vocais -, entre outras. Uma das músicas que mais fiquei curioso para ouvir foi “HTLV-3”, que neste tributo teve a versão da banda de Power Metal Steel Fox. Eu pensei que viria numa pegada mais Power Metal, mas vem numa linha bem Thrash Metal. Mesmo que não conste mais músicas da fase atual, é um tributo de total respeito a obra da Dorsal Atlântica. Muito bem cuidado, em todos os aspectos. E, claro, não pode faltar na coleção dos admiradores da banda.

Contatos: www.vertigemdiscos.com.br

Resenha por Valterlir Mendes
 
 
Busca no site
 
Veja tambm