Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Publicidade RML

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

 
   
Capa
Entrevistas
Equipe
Mural
News
Contato
Reviews
CD's
DVD's
Demos
Magazines
Shows
Multimídia
Fotos
Links
Bandas
Zines
Gravadoras
Rádios
Diversos

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

 
Untitled Document
 
 

Versão para impressão .

Enviar por e-mail .

Receber newsletter .

Versão PDF  .

Relatar Erro [erro]

 

News

ALTERA O
TAMANHO DA LETRA
 

Recife Metal Law - O seu portal de informação!

 

Heavy Culture: confira bate-papo com o baixista sueco Tobias Cristiansson, do Grave e Necrophobic


 
Em ‘live’ realizada no dia 16/11/2021, o canal do YouTube Heavy Culture recebeu o baixista sueco Tobias Cristiansson, que atualmente faz parte de três bandas: Grave, Darkened e Necrophobic. O currículo do músico ainda traz passagens pelo Dismember, Empyreal e The Dagger, este último, um projeto voltado ao Heavy Metal tradicional, que contava ainda com outros integrantes do Dismember, o baterista Fred Estby e o guitarrista David Blomqvist. O resultado desta aventura por mares clássicos se traduz no excelente álbum autointitulado, lançado em 2014. Sua passagem pelo Dismember, apesar de breve, rendeu o álbum autointitulado, lançado em 2008, além da presença no DVD “Under Blood Red Skies”, de 2009. Como contou na live, sua entrada no circuito de bandas foi aos 15 anos de idade, quando começou a tocar com grupos pequenos, e foi quando entrou no Dismember, em 2006, o passo mais importante de sua trajetória havia sido dado, mudando sua visão e abrindo muitas portas para sua carreira.
 
Para falar sobre todos estes projetos, o Heavy Culture bate um excelente papo com o músico, destacando seu esperado retorno aos palcos, com quatro shows realizados recentemente com o Necrophobic. Cristiansson contou que está contente e entusiasmado de voltar a tocar ao vivo, e que está feliz em tocar com eles, já que inicialmente seria apenas um convidado para os shows, vindo a ser efetivado como membro permanente. Ainda sobre shows e o que futuro (nos) reserva, comentou que há vários shows agendados para o Necrophobic e para o Grave¸ e espera que a pandemia passe logo e que tudo se resolva de melhor forma, pois como serão vários shows indo e vindo de avião, há o temor de alguém ficar doente neste período, já que há shows agendados para vários locais, inclusive EUA e França. Indagado sobre as diferenças entre o Death Metal europeu e o americano, Cristiansson concorda que os americanos possuem influências mais voltadas ao Heavy e Thrash Metal, enquanto que os europeus, sobretudo os suecos, carregam influências mais voltadas ao Punk/Hardcore, com uma pegada mais crua. Declarou ainda que embora seja difícil escolher suas bandas preferidas do cenário americano, tem Morbid Angel, Deicide, Obituary e Death como suas preferências. Quanto ao The Dagger, revelou que acha que o projeto não retorna tão cedo, devido à mudança do baterista Fred Estby para os EUA, além do fato de o Dismember ser o foco do baterista, bem como ele mesmo ter como prioridade suas bandas e projetos atuais. Entretanto, disse que gostaria de tocar em um projeto de Heavy Metal novamente, mesmo que fosse com outra banda.
 
Com o Necrophobic de volta aos palcos, divulgando o álbum “Dawn of the Damned” (2020), e o Darkened prestes a soltar o single “Black Winter” no dia 26 de novembro, restou perguntar o que o futuro reserva para o Grave, que lançou seu último trabalho no longínquo ano de 2015. Cristiansson disse que no último ano a banda ensaiou apenas uma vez devido à pandemia, pois os integrantes não moram na mesma cidade, mas que há ideias para o sucessor de “Out of Respect for the Dead” e que o futuro depende da normalização da pandemia. O Darkened, considerada uma banda internacional, é tido mais como um projeto de estúdio, pois há integrantes da Suécia, Inglaterra e Canadá, o que dificulta ainda mais os ensaios. O baixista citou ainda a felicidade de estar na mesma banda que o baterista Andrew Whale, ex-Bolt Thrower, uma de suas grandes influências. Para conferir estes e outros assuntos, clique aqui.
 
A agenda de novembro do Heavy Culture segue no dia 23/11 com o lendário David DeFeis, vocalista do Virgin Steele e finalizando a agenda Metálica, no dia 30 o canal receberá o guitarrista Craig Locicero, do Forbidden.
 
Mais informações:
www.facebook.com/heavyculturebra
www.instagram.com/heavyculture
heavyculture2020@gmail.com
www.wargodspress.com.br
 
 
Busca no site
 
Veja tambm