Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Publicidade RML

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

 
   
Capa
Entrevistas
Equipe
Mural
News
Contato
Reviews
CD's
DVD's
Demos
Magazines
Shows
Multimídia
Fotos
Links
Bandas
Zines
Gravadoras
Rádios
Diversos

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

 
Untitled Document
 
 

Versão para impressão .

Enviar por e-mail .

Receber newsletter .

Versão PDF  .

Relatar Erro [erro]

 

Reviews Cds's

ALTERA O
TAMANHO DA LETRA
 

Recife Metal Law - O seu portal de informação!

 

VOÏVOD - The Wake


VOÏVOD
“The Wake”
Shinigami - Nac.

“The Wake”, lançado no Brasil pela Shinigami Records, é o mais recente álbum de estúdio da banda canadense Voïvod, lançado em 2018. Como todos bem sabe, a banda, ao passar dos anos, mudou bastante o seu estilo, já que iniciou sendo uma banda de Thrash Metal e hoje envereda pelos lados do Prog Metal, inclusive até o seu logotipo é bem diferente de outrora. Musicalmente “The Wake” mantém o que a banda se propôs a fazer com o passar dos anos, ou seja, apresenta uma musicalidade muito técnica, por vezes com algumas, digamos, ‘viagens’, algo que podemos ouvir já na abertura desse disco, com “Obsolete Beings”, música que, inclusive, até apresenta momentos mais velozes, que se aproxima do Tech Thrash Metal. Os vocais de Snake seguem uma linha mais limpa, mais declamada, mais ‘viajada’, como a exemplo de ouvido em “The End of Dormancy”, uma música de levada mais cadenciada, com as linhas de baixo de Rocky comandando o seu andamento. Isso não quer dizer que não ouvimos alguns experimentalismos, nessa mesma música. E essa é a tônica. São músicas que apresentam diversas variações de andamentos, de ritmos, algo mais ‘quebrado’ ou mais veloz/agressivo podem ser ouvidos numa mesma música, mesmo que a ‘toada’ seja apresentar músicas com conteúdo mais Progressivo. Inclusive, nenhuma das músicas contidas nesse álbum tem menos de cinco minutos, e uma delas - “Sonic Mycelium” - ultrapassa os 12 minutos de duração. Na parte lírica, cotidiano, tecnologia, redes sociais, ficção científica, com letras bem construídas e interessantes, e que se encaixam bem com a parte instrumental apresentada. Sobre a produção sonora, não há muito o que se falar, já que é de uma qualidade incrível, e foi feita no RadicArt Recording Studio (gravação e mixagem) e Yannick St-Amand Mastering (masterização), tendo como produtor o próprio Voïvod. A parte gráfica é bem completa e a Shinigami caprichou, apresentando encarte com tudo que é informação, fotos, ficha técnica... Completam a banda, nesse disco, o membro-fundador Away (bateria) e Chewy (guitarra). Para quem conhece apenas o Voïvod do seu início ou curte só a fase inicial, “The Wake” pode não ser indicado. Mas para quem é chegado numa viagem musical, com algumas nuances do Thrash Metal e muito de Prog Metal, esse álbum é altamente indicado.

Contatos:
www.voivod.com
www.shinigamirecords.com.br

Resenha por Valterlir Mendes
 
 
Busca no site
 
Veja tambm