Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Publicidade RML

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

 
   
Capa
Entrevistas
Equipe
Mural
News
Contato
Reviews
CD's
DVD's
Demos
Magazines
Shows
Multimídia
Fotos
Links
Bandas
Zines
Gravadoras
Rádios
Diversos

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

 
Untitled Document
 
 

Versão para impressão .

Enviar por e-mail .

Receber newsletter .

Versão PDF  .

Relatar Erro [erro]

 

News

ALTERA O
TAMANHO DA LETRA
 

Recife Metal Law - O seu portal de informação!

 

Destruction: disponível relançamento de “Under Attack” em versão digipack


 
Após quatro anos do lançamento do álbum “Spiritual Genocide” (2012), a lendária banda alemã de Thrash Metal Destruction retornou à cena com um estrondo chamado “Under Attack” e que serviu também para “comemorar” os 34 anos de vida da banda. Mas não se deixe enganar pela longevidade porque a música está longe do que foi feito nos anos 80: continua sendo o mesmo bom e velho Destruction, porém, mais maduro e focado.
 
Fundado em 1982, o trio alcançou o topo do movimento Thrash Metal alemão com álbuns como “Infernal Overkill” (1985) e “Eternal Devastation” (1986) aninhados em seu impressionante cânone Heavy Metal. Mesmo trabalhos posteriores como “All Hell Breaks Loose” (2000) ou “The Antichrist” (2001) são momentos gloriosos dentro do gênero, mostrando o porquê de o Destruction fazer parte do “Big Teutonic Four” e o porquê de eles continuar excursionando pelo mundo com grande sucesso.
 
Para “Under Attack” a banda mudou seu comprovado modus operandi: em vez de reservar apenas um estúdio por algumas semanas, Schmier e companhia decidiram gravar em vários locais (nos Gernhart Studios na Alemanha, no estúdio de VO Pulver – Little Creek Studios – na Suíça, entre vários outros) entre setembro de 2015 e janeiro de 2016. “Realmente tomamos o nosso tempo para este álbum”, declarou Schmier na época. “Talvez este tenha sido o processo de composição mais eficaz que fizemos nos últimos anos! Pelo fato de termos tido mais tempo entre álbuns, houve muita produção musical e criatividade, mas também menos pressão. Você definitivamente poderá ouvir a atitude arrasadora que temos nos palcos também em estúdio. O modo ‘em turnê dentro do estúdio’ foi tão eficaz que quero manter esse método para o futuro”. Schmier também acrescentou: “Como soa o novo disco? Com certeza não como uma banda que está ativa há 33 anos”.
 
Se você ouvir músicas como a antológica faixa-título, a rápida e cativante “Generation Nevermore”, a demolidora “Pathogenic” ou a complexa “Conductor Of The Void”, certamente você concordará com a afirmação anterior.
 
O vocal de Schmier consegue atravessar vidros e paredes, Mike toca alguns de seus melhores riffs e licks de todos os tempos e Vaaver espanca poderosamente seu kit da bateria. A impressionante arte de capa foi feita mais uma vez pelo artista húngaro Gyula e ilustra perfeitamente as músicas de “Under Attack”.
 
Nas palavras de Schmier: “É rápido, é cativante e é original”.
 
Relançamento em versão DIGIPACK com contracapa sobressalente e duas FAIXAS BÔNUS: o cover de “Black Metal” do Venom com a participação especial do vocalista e baixista Alex Camargo do Krisiun e a regravação da música “Thrash Attack”, lançada originalmente no álbum “Infernal Overkill”. Adquira clicando aqui.
 
Um lançamento da parceria Nuclear Blast/Shinigami Records.
 
Fonte: Shinigami Records
 
 
Busca no site
 
Veja tambm